Jordânia

Categorias: Oriente Médio

Dicas Praticas da Jordânia

IMG_5217
Petra
IMG_4732
Wadi Rum

A Jordânia foi um daqueles destinos que me surpreendeu, tive experiências incríveis durante minha estadia no país, conhecemos Jerash, uma cidade com mais de 3 mil anos de historia, boiamos no Mar Morto, que foi um dos momentos mais divertidos da viagem, passamos uma noite inesquecível em um acampamento beduíno no deserto de Wadi Rum, mergulhamos no mar vermelho e visitamos uma das 7 maravilhas do mundo moderno, a cidade perdida de Petra, resumindo foi sensacional e quem ainda não conhece a Jordânia, prepare – se para se apaixonar por esse destino!

Petra
Petra

A Jordânia é um reino árabe, localizado no Oriente Médio, o país tem um alto desenvolvimento humano, considerado um exemplo de paz, organização, relações internacionais e desenvolvimento, mantem um bom relacionamento com os países que faz fronteira, Egito, Arábia Saudita, Iraque, Síria e Israel.

IMG_3858
Jerash

Um país seguro e tranquilo, considerado um dos melhores lugares para se viver no Oriente Médio, o mais ocidentalizado da região.

O sistema politico do país é monarquia constitucional,  o atual rei é Abdullah II, filho do falecido  rei Hussein , que é muito querido pela população, em vários estabelecimentos na Jordânia, tem fotos da família real, inclusive no McDonald’s e muitas pessoas locais, elogiam a rainha Rania Al Abdullah, que é conhecida e admirada mundialmente  por suas ações humanitárias e por seu estilo de vida.  

Na Jordânia mais de 90% da população é mulçumana, o idioma oficial é o árabe, porem a maior parte dos jordanianos falam inglês, a comunicação no país foi bem tranquila.

IMG_4977

Meu Roteiro em Setembro de 2014:

Amã – 1 noite ( um dia inteiro)

Mar Morto – 2 noites ( um dia inteiro)

Wadi Rum – 1 noite ( um dia inteiro)

Aqaba – 2 noites (um dia inteiro)

Wadi Musa (Petra) – 3 noites (dois dias inteiros)

Acampamento em Wadi Rum
Acampamento em Wadi Rum

Quantos dias ficar: Recomendo seguir meu roteiro, foi o tempo ideal em cada lugar, ficamos 9 noites na Jordânia e conhecemos todos os lugares que tínhamos programado. 

Para quem tiver um tempo mais curto no país pode riscar da lista Amã e Aqaba, adorei conhecer Jerash e mergulhar no Mar Vermelho, porem recomendo em primeiro lugar Petra, Wadi Rum e o Mar Morto, que são locais únicos e inesquecíveis.

Nosso roteiro de  viagem em Setembro de 2014 foi Dubai, Seychelles, Egito, Jordânia e depois  fomos para Abu Dabhi passar mais 3 noites, antes de retornar para o Brasil. Combine outros países em sua viagem a Jordânia, minha viagem durou 30 dias, se tiver menos tempo combine um  dos destinos que mais te interessa.

Wadi Rum
Wadi Rum
Mar Morto
Mar Morto

Quando ir: O clima na Jordânia é mediterrâneo semiárido, a melhor época para visitar o país é nos meses de Maio a Outubro. Estive em Setembro, estava calor, com dias ensolarados e noites frescas.

Visto: Brasileiros precisam de visto para visitar a Jordânia, o visto é emitido no próprio aeroporto na sua chegada no país, com um custo de 40 JOD ( R$190) por pessoa, o visto é valido por dois meses.

Vacinas: Para visitar a Jordânia é necessário ter o certificado internacional da vacina da febre amarela, que deve ser tomada 10 dias antes da sua chegada no país. Eu tomei a vacina gratuitamente em um posto de saúde na minha cidade e no mesmo local foi feito o comprovante internacional.

Para mais informações acesse o site:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/febreamarela/viajantes.php 

IMG_5223
Petra
Petra
Petra

Segurança: A Jordânia é um país muito seguro, com muitos policias nas estradas, em todos os  pontos turístico tem  policiais do turismo e em todos hotéis existem detectores de metais e uma forte segurança na entrada dos hotéis, com muitos seguranças por todas as partes. Minha experiência na Jordânia foi muito tranquila e achei o país muito seguro.

Moeda: Dinar Jordano

Como chegar a Jordânia: Fomos do Cairo(Egito) para Amã, em um voo direto com a Egyptair, compramos a passagem no BravoFly.

Para quem sai do Brasil com destino a Jordânia pode optar por ir  por Londres, Madrid, Paris, Istambul entre outras cidades na Europa,  algumas companhias aéreas oferecem voos com uma única conexão e seguem viagem para Amã. Minha sugestão é ir por Dubai ou Abu Dhabi e conhecer os Emirados Árabes e depois seguir viagem para a Jordânia. Pesquise os melhores preços e com menos tempo de espera nos aeroportos.

Wadi Rum
Wadi Rum
Jerasch
Jerash

Alimentação: Sinceramente achei a comida da Jordânia bem sem graça, mesmo nos hotéis, os pratos não eram muito saborosos. O prato tradicional é o Mansaf que é arroz árabe, um caldo de leite azedo acompanhado de cordeiro.

Como se vestir: Por seu um país mulçumano, é necessário cobrir ombros e pernas nas mesquitas e locais sagrados, mas nos locais turísticos não tem problema algum andar com roupas ocidentais.

IMG_4185
Mar Morto

Como circular na Jordânia: A melhor forma de conhecer o país é alugar um carro, as estradas são excelentes, a maioria são sinalizadas e seguras. Alugamos  com a Europcar, dias antes da viagem já efetuamos a reserva no site da companhia, o valor do aluguel de um Peugeot, automático por 9 dias foi R$715. O único problema que tivemos com a Europcar foi o GPS que estava com defeito, ligamos para a companhia e eles nos levaram outro ate o nosso hotel.

As paisagens nas estradas são belíssimas, principalmente na Rodovia do Rei, foi com certeza a melhor escolha que fizemos durante a nossa visita no país, a independência de ir parando e conhecendo os lugares é essencial em uma viagem na Jordânia.

IMG_4898

Existe a possibilidade de fazer as viagens de ônibus, contratar um motorista particular ou excursões, porem recomendo o aluguel de carro sem duvidas.

Distancias:

Amã – Jerash : 53km ( 54 minutos de viagem)

Amã – Mar Morto: 56 km (58 minutos de viagem)

Mar Morto – Wadi Rum : 334 Km (3 horas e 51 minutos de viagem) 

Wadi Rum – Aqaba 70 Km (1 hora de viagem)

Aqaba – Wadi Musa (Petra) 154 Km (2 horas de viagem)

Wadi Musa (Petra) – Aeroporto Internacional Queen Alia em Amã: 210 km (2 horas e 30 minutos de viagem)

O únicos aeroportos no país são o Queen Alia em Amã e o King Hussein em Aqaba.

Para chegar ao Mar Morto, Wadi Rum e Petra a única maneira é de carro ou ônibus.

Petra
Petra
Wadi Rum
Wadi Rum

Hotéis:

Amã: Existem diversos hotéis em Amã, para todos os bolsos e gostos. Minha escolha para somente um noite foi o Ibis Amman, próximo a um shopping e o centro comercial da cidade. Recomendo!

Mar Morto: Sem duvidas um dos hotéis mais incríveis que já me hospedei, o Kempinski Hotel Ishtar Dead Sea, esse lugar é sensacional, o atendimento, o restaurante ( a melhor comida que experimentei na Jordânia), as piscinas, a praia privativa, o SPA e as suítes  são impecáveis.

IMG_4308
Kempinski Hotel Ishtar Dead Sea

As suítes do Kempinski são muito confortáveis, com varanda e vista para o Mar morto, a estrutura do hotel conta com 9 piscinas ( a mais incrível tem formato oval), a praia privativa é excelente para experimentar boiar no Mar Morto, tem também  SPA muito bonito e com diversos tratamentos e três restaurantes ( italiano, tailandês e cozinha internacional). Recomendo esse hotel sem duvidas!!

IMG_4163
Nossa suíte decorada no Kempinski.
IMG_4288
Kempinski Hotel Ishtar Dead Sea

Aqaba: Nos hospedamos no Radisson Blu Tala Bay Resort, com 5 piscinas, suítes confortáveis com vista para o mar e com uma bela praia privativa. Reservamos nosso mergulho no Mar Vermelho no próprio hotel. Recomendo.

IMG_4853
Suíte no Radisson Blu Tala Bay Resort.
IMG_4865
Radisson Blu Tala Bay Resort

Wadi Rum: Uma das experiências mais exóticas da minha vida foi passar uma noite em um acampamento beduíno no meio do deserto de Wadi Rum, nossa escolha foi o  Rahayeb Desert Camp. Nos hospedamos na barraca individual com banheiro privativo, com cama de casal, tudo muito limpo e organizado. Os passeios são providenciados no próprio acampamento,  fizemos um no por do sol no dia que chegamos e outro no dia seguinte com duração de 6 horas,em um jipe com um simpático beduíno.

IMG_4797

IMG_4578
Nossa barraca no acampamento.

Os funcionários são muito atenciosos e prestativos, o jantar é preparado um autentico churrasco beduíno com musica e danças tradicionais da região.

Foi uma experiência incrível, Recomendo!

Wadi Musa (Petra): Nossa escolha foi o Petra Guest House Hotel, com uma localização privilegiada ao lado da entrada da antiga cidade de Petra, com suítes confortáveis e bom atendimento. O hotel tem um restaurante com pratos internacionais e o bonito Cave Bar que serve petiscos e drinks. Recomendo, a localização é perfeita!!

IMG_5101
Petra Guest House Hotel

Nossa viagem para a Jordania foi INESQUECIVEL, nos próximos posts vou dar dicas de cada cidade que visitamos!!

Boiando no Mar Morto!
Boiando no Mar Morto!

IMG_5056